O Bonded New Car

Mercados

É inconcebível a construção automóvel moderna sem tecnologia de fita adesiva. Mais de 100 tipos diferentes de fita estão escondidos dentro de cada carro novo. Eles cumprem propósitos funcionais que são tão importantes como diferentes.

Text Isabel Überhoff

Juntamente com os avanços nas tecnologias eletrónicas, as crescentes exigências em termos de design, funcionalidade e qualidade, em particular, estão a provocar alterações a longo prazo na construção de veículos. Em vez das peças que eram anteriormente soldadas, chumbadas e aparafusadas, as soluções de fita adesiva estão cada vez mais a tornar-se a solução de eleição. A tecnologia de ligação mais elegante, mais leve e, muitas vezes, mais económica está agora presente em quase todos os componentes para automóveis

Tendência para a redução

A utilização de fitas adesivas
na produção de automóveis de vanguarda está a aumentar.

fábrica de automóveis

Menos é mais: menos peso, custos mais baixos, consumo de combustível reduzido e menos emissões. A utilização da tecnologia da fita tesa® apoia esta tendência de redução. Isso deve-se ao facto de a fita poder ser aplicada de forma eficiente e, além de corresponder à crescente pressão de custo e altas expectativas estéticas, também ajuda a cumprir as normas de segurança e ambientais cada vez mais exigentes da indústria automóvel.

 

Ao mesmo tempo, os automóveis – tal como os smartphones – estão a evoluir cada vez mais para "computadores móveis". A crescente digitalização dos veículos requer soluções sem exageros no design do seu funcionamento interno. Por esta razão, seria inimaginável hoje em dia um novo veículo sem fitas adesivas. A ampla gama de produtos tesa® oferece assim uma vasta diversidade de soluções, porque nem todas as fitas são iguais. As características necessárias são demasiado variadas, consoante a sua utilização em diferentes zonas da carroçaria e do habitáculo.

crescimento do mercado de 4,5%

será alcançado por fitas automotivas até 2025.

Fonte: Industry Report Automotive Adhesive Tapes Market Size, 2019u20122025

Uma solução para cada requisito

Os elementos de design no interior do veículo estão colados com fitas transparentes: por um lado, devido à estética, mas também para um maior conforto de condução, por exemplo, através da utilização de fitas adesivas especiais tesa® para a redução do ruído. Por outro lado, na carroçaria do veículo, são necessárias propriedades especiais, tais como resistência ao calor, frio, humidade e luz UV. As opções especiais em termos de design e eficiência são oferecidas por aplicações como a nova tesa® HiP, que une de forma segura diferentes plásticos com características distintas.

eng_aut
automóvel_cockpit-1
tesa® HiP fixa plásticos sensíveis

O plástico é leve, robusto, duradouro e visualmente apelativo. Tendo em conta que os rigorosos regulamentos internacionais relativos à redução de emissões estão a obrigar os fabricantes a sujeitar os novos veículos a um material abrangente e “diet” para perderem peso, não é de admirar que a utilização de plásticos na construção automóvel tenha aumentado 20% apenas entre 2007 e 2014. "A tesa® HiP une muitos plásticos, mesmo aqueles com baixa energia de superfície, e é altamente atraente para o futuro da indústria automóvel", afirma Jennifer Kipke, Diretora de Laboratório para Eletrónica de Interiores e Automóvel.

dirk_arndt_tesa

"As nossas fitas oferecem cada vez mais funções adicionais importantes, tais como condutividade elétrica para sensores ou propriedades de isolamento para células da bateria."

Dirk Arndt

Gestor Principal do Desenvolvimento de Negócios do setor Automóvel

A leveza da fita

O mero facto de que cada redução de peso de dez por cento resultar numa redução no consumo de combustível de cinco a sete por cento mostra porque a utilização de plásticos na construção automóvel está em ascensão. Os plásticos são também utilizados em conjunto com o carbono ou determinados materiais compósitos leves, para além ou em vez de metais. Desta forma, em combinação com a tecnologia de fita tesa personalizada, é possível obter poupanças de peso de até 50% em componentes individuais do veículo.

Entrada nos mercados globais: Certificação IATF

IATF significa International Automotive Task Force (Grupo de Trabalho Automóvel Internacional). A norma QMS IATF 16949 é um suplemento à norma ISO 9001 e um importante pilar na indústria automóvel global. Define os requisitos do sistema de gestão de qualidade para a produção de protótipos e séries. Sem um certificado IATF em vigor que cubra a cadeia de produção interna, é praticamente impossível estabelecer parcerias com os principais OEM (fabricantes de equipamento de origem) e fornecedores. O certificado atesta a qualidade de todos os processos de fabrico, relacionados com o cliente, de apoio e relacionados com a gestão. Num procedimento complexo, estes processos são documentados de acordo com certos pré-requisitos e regularmente revistos por auditores externos como parte de uma verificação que dura vários dias nas instalações da empresa. Na sede da tesa, o Centro de Tecnologia também recebeu recentemente a certificação IATF, além da Investigação e Desenvolvimento e de todas as fábricas que produzem para o setor automóvel. Desta forma, os produtos inovadores desenvolvidos em resposta às necessidades dos clientes, em particular, podem ser colocados mais rapidamente no mercado.

"Com a certificação IATF, satisfazemos os mais elevados padrões de qualidade dos fabricantes de automóveis e dos seus fornecedores."

Thomas Erfurth

Diretor do Centro de Tecnologia tesa