Tendências

125 anos de inovação – a tesa mantém o mundo unido

Bem presas: há milhões delas nos smartphones. Os automóveis elétricos elegantes usam-nas suas carroçarias e os pinguins na sua plumagem. Nenhuma impressão de jornal sai da bobina, já não há correntes de ar a assobiar pelas casas. As fitas adesivas técnicas da tesa desempenham um papel importante em muitas indústrias e processos complexos. E constituem auxiliares inteligentes do quotidiano. A sua história começou há 125 anos, quando a primeira fita adesiva técnica do mundo chegou ao mercado. Desde então, as inovações da tesa na indústria, no comércio e no lar tornaram a vida (e a fixação) mais fácil e, em alguns casos, até a revolucionaram. O que ontem costumava ser um simples remendo de bicicleta é hoje alta tecnologia... E sempre atual. 

Logo125JahreInnovation

A nossa visão geral de "125 anos de inovações" está virada para o futuro, mas iremos também olhar para trás, para rever a história. Isto porque os desenvolvimentos da Beiersdorf, a empresa-mãe da tesa, estavam frequentemente à frente do seu tempo: definiam padrões e por vezes estabeleciam tendências. O Dr. Oscar Troplowitz mostrou-nos como uma grande dose de espírito pioneiro e de inovação, perseverança e coragem podem transformar um fracasso num campeão de vendas: na década de 1890, o farmacêutico queria de facto comercializar um novo penso adesivo, mas este aderia com demasiada força à pele humana. Troplowitz rapidamente o remodelou e criou a primeira fita adesiva técnica, o "Cito-Sportheftpflaster" (penso adesivo desportivo citadino), para remendos de bicicletas. 

A distribuição generalizada de diferentes produtos adesivos seguiu o seu curso. Na década de 1930, os revestimentos de borracha para suspensões de automóveis contribuíram para enfrentar as más condições das estradas. Hoje em dia, as almofadas adesivas tesa protegem os passageiros nos carros elétricos em caso de incêndio da bateria. No período do pós-guerra, a tesamoll® melhorou consideravelmente o ruído dos rádios. Hoje em dia, fitas de alta tecnologia finíssimas regulam a temperatura nos smartphones. E, de uma maneira geral, elementos como o fogo, a água e o ar colocam sempre novos desafios... E mais de 500 criadores nos laboratórios da tesa na Europa, Ásia e EUA lidam com eles dia após dia. Ao longo do tempo, foram criados mais de 7000 produtos.

Sente curiosidade? Ao longo das próximas semanas, na nossa série "125 anos de inovações", iremos mostrar-lhe o que a tecnologia de adesivos da tesa consegue fazer. Junte-se a nós numa jornada pelo fascinante mundo dos adesivos.

Frau benutzt Cito an ihrem Fahrrad

De fracasso a campeão de vendas

A primeira fita adesiva técnica do mundo foi inventada na oficina criativa da Beiersdorf e destinava-se a veículos de duas rodas defeituosos. Na década de 1890, a empresa pretendia efetivamente comercializar um novo penso adesivo, mas este aderia com demasiada força à pele e deixava-a irritada. O farmacêutico Troplowitz rapidamente o modificou e utilizou-o para criar a primeira fita adesiva técnica, o "Cito Sportheftpflaster" (penso adesivo desportivo citadino), com a sua nova finalidade de reparar bicicletas. O produto causou sensação graças à sua inovação, já que na altura os pneus sofriam furos frequentes nas estradas. Esta atitude foi perpetuada na tesa até hoje. Na nossa série "125 anos de inovações", recorremos a exemplos selecionados para lhe demonstrar o nosso espírito de inovação e iremos apresentar uma boa dose de surpresas!

Todos os artigos da série:

HochkantConsumerV3
Um produto multifacetado para pessoas multifacetadas
Ler mais
MicrosoftTeams-image (43)
125 anos de inovação – a tesa mantém o mundo unido
Ler mais