Teste de desempenho da tesa Softprint® na máquina de impressão Flexo Innovator do TRESU

Teste de desempenho da tesa Softprint® na máquina de impressão Flexo Innovator do TRESU

Para comprovar a nossa influência sobre a qualidade de impressão, testamos as nossas fitas para montagem de chapas tesa Softprint® no centro técnico do TRESU.



O setor de cartão para embalagem de líquidos é substancialmente afetado por mudanças no nosso ambiente socioeconômico. Assim, o relatório de agosto de 2017 da União Europeia declarou que, em 2016, um terço de todos os agregados familiares dentro da União Europeia eram compostos por apenas uma pessoa, sendo uma estatística que corresponde à tendência de mercado relativamente a embalagens menores. Este fato, combinado com o grande aumento de procura por novos sabores no setor de bebidas e alimentos preparados, ajudou a impulsionar o setor de cartão para a embalagem de líquidos em direção a um estado de fluxo criativo.

Qual é o impacto para impressores de cartão para a embalagem de líquidos?

De forma a aumentar os efeitos visuais em embalagens de tamanhos pequenos para atrair mais consumidores, os designers de embalagens estão focando em elementos mais desafiantes e criativos que, por sua vez, exigem requisitos de qualidade de impressão superiores. O número crescente de designs de produtos únicos e complicados obriga o setor a repensar os métodos de produção já existentes. Isto é vital para permitir aos produtores reagir à mudança das condições, mantendo a sua eficiência e competitividade no mercado.

Prova de desempenho na MÁQUINA DE IMPRESSÃO INNOVATOR PRESS DO TRESU

Amostra de impressão tesa® TRESU

Para comprovar a nossa influência sobre a qualidade de impressão, testamos frequentemente as nossas fitas para montagem de clichês tesa Softprint® no local, em fabricantes de impressão líderes no setor. Um dos mais recentes testes foi realizado no centro técnico do Grupo TRESU na Dinamarca. O objetivo foi avaliar a qualidade de impressão em cartão usando diferentes níveis de dureza de espuma.

O teste foi realizado na MÁQUINA DE IMPRESSÃO FLEXO INNOVATOR DO TRESU com um formato de 6 cores (CMYK + 2 cores diretas). Esta máquina de impressão foi concebida para imprimir numa variedade de materiais de cartão e, graças ao conceito de máquina inovador do TRESU, é possível mudar de trabalhos rapidamente com taxas de resíduos reduzidas.

Ler mais

Resultado do teste de impressão

No que diz respeito à dureza da espuma, a ideia geral é de que as fitas para montagem de clichês com espumas mais duras são recomendadas para motivos sólidos, enquanto as fitas para montagem de clichês com espumas mais suaves são recomendadas para motivos de trama.

 

Ler mais
dureza de espuma

Durante o teste, experimentamos os quatro principais níveis de dureza das nossas fitas para montagem de clichês tesa Softprint® sujeitas a condições idênticas. Para o clichê de impressão, usamos uma chapa Kodak NX de 1,14 mm com 60 L/cm e um rolo anilox com 400 L/cm e 4,6 cm³/m².

A avaliação das amostras mostrou que a espuma SUAVE (código de cor vermelha) produziu os melhores resultados. Mesmo em impressões sólidas, foi obtido um esmagamento do ponto reduzido e uma distribuição de tinta uniforme sem efeito “pin-holing”.

Ler mais
Esmagamento do ponto reduzido e formato de ponto perfeito com a dureza de espuma suave
Distribuição de tinta em impressão sólida com dureza de espuma suave

Nível de dureza de espuma

Dura

Média–Dura

Média

Suave

Campo de medição [%]

50%

50%

50%

50%

Valor de esmagamento do ponto [%]

17,8%

17,5%

15,6%

14,6%

Densidade

1,57%

1,55%

1,53%

1,50%

Medido em cor

Ciano

Ciano

Ciano

Ciano

Conclusão

As amostras de impressão obtiveram resultados ligeiramente diferentes do resultado teórico esperado. As razões para isto estão maioritariamente relacionadas com o papel, que se comporta de forma diferente em comparação com materiais como a película durante a impressão de embalagens flexíveis. Para além disso, a tecnologia de clichê de impressão usada (Kodak NX) possui microestruturas (ou tecnologias de superfície superiores), que fornecem uma transferência de tinta para o substrato particularmente elevada. Estes fatores têm de ser considerados ao selecionar o rolo anilox apropriado e a dureza de espuma das fitas para montagem de clichês.

Quando estes componentes individuais são perfeitamente coordenados, todo o processo é substancialmente simplificado, conduzindo a um processo mais eficiente e otimizado, ou seja, é obtida uma qualidade de impressão mais elevada.

Se quiser saber mais sobre os nossos produtos tesa Softprint® ou sobre as máquinas de impressão flexográfica do Grupo TRESU, contate o seu representante de vendas responsável da tesa® e do TRESU.

Ler mais